sábado, 21 de fevereiro de 2015

San Andrés, Caribe Colombiano


San andrés, Colômbia.

5º dia - Colômbia- Chegamos a ilha de San Andrés por volta de 17:00 horas. O aeroporto é muito simples e pequeno. Nosso hotel era muito próximo ao aeroporto, dava para ir a pé! Mas o hotel incluía o transfer então fomos encaminhados a um táxi para o hotel. Ao ir para a área de táxis levei um susto, achei que tinha desembarcado em Cuba!!! Carros antigos e enormes, fomos acomodados com outro casal que iria para o mesmo hotel, e com 4 malas o porta malas seguiu aberto, mas nos disseram que não havia problemas.....Fiquei toda hora olhando para atras verificando se minha mala ainda estava lá. E estava...ufff...

Rapidamente chegamos ao hotel, fizemos o check-in, deixamos as coisas no quarto e fomos ver a praia em frente ao hotel. Que bela imagem, o mar de sete cores do Caribe !!! Para completar a bela paisagem em frente havia uma pequena ilha lotada de coqueiros, parecia o paraíso......Que sensação maravilhosa!!! É uma daquelas sensações que nenhuma imagem é capaz de capitar....

Praia em frente ao hotel

Após o jantar demos umas voltas no calçadão a beira mar, para termos uma ideia do local. O local é simples sem nenhum glamour. Há muitas lojas comerciais, muitos restaurantes, alguns hotéis, uns simples e poucos mais sofisticados. Muitas lojas parecem ter produtos não autênticos e há algumas lojas de rede Tax Free. Alias toda a ilha é livre de impostos. Há muitas lojas de bebidas, o rum dos piratas..., algumas de eletrônicos. Se quiser fazer umas comprinhas...Mas lembre-se, em termos de compras nada se compara aos EUA. Mas o comercio estava fechado por que era um feriado local nesse dia. Voltamos para o hotel e o ritmo caribenho estava rolando solto, curtimos só um pouquinho, pois queríamos aproveitar o dia seguinte.

Rua de Compras



6º dia Colombia- 2º dia San Andres-

Após um belo café da manhã reservamos horário a tarde para o Aquanautas e fomos para a piscina do hotel para fazer o mini curso de mergulho incluído na nossa diária.

Mergulho na Piscina

Nosso instrutor foi o mergulhador Henrique. Informo a vocês que eu não sei sequer nadar, mas nesses lugares de mergulho tomo coragem e faço o mergulho de cilindro guiado. Gostei muito do instrutor Henrique, ele é tranquilo e paciente.
Depois do curso ficamos um pouco na praia em frente e pouco na piscina, curtindo a bela paisagem local.

Praia ou piscina é só escolher

Almoçamos e partimos para o esperado passeio de escafandro. É uma experiencia bem diferente!! Vale o custo.


Aquanautas


Aquanautas

Depois do Aquanautas fomos ao Banco de Bogotá para fazer um saque. Por ser uma ilha algumas coisas pequenas eles preferem em $, não em cartão. Só conseguimos saque do cartão de credito. Fizemos umas comprinhas

caixa automático


7º dia - 3º dia San Andres-

Pela manhã Henrique nos pegou no hotel e fomos para o mergulho de cilindro. Realmente o mergulho de cilindro é melhor que o de escafandro pela variedade de coisas que vemos. No início, na hora de imergir me deu um pequeno medo. Mas o Henrique usou de sua persuasão para me acalmar e em alguns segundos já estávamos lá no fundo !!! Pena que não fotografamos e filmamos. É realmente lindo !! E o que me impressionou que não vi nos mergulhos no Brasil foi a variedade de corais multicoloridos. Saliento que não sou mergulhadora, sou apenas amadora, mas nos mergulhos que fiz em Fernando de Noronha (duas vezes), Angra dos Reis e Búzios (RJ), apesar de lindos, com variedade de peixes, tartarugas, arraias e outras especies, não evidenciei essa variedade de corais coloridos.


Eu e Henrique

O Edson, como mergulhador de carteirinha (kkkkk), fez dois mergulhos. Aproveitou !!!

vida marinha (fotos tiradas pelos mergulhadores)
A tarde alugamos um carrinho de golfe e fizemos um tour pela ilha. É só seguir a estrada beira mar.

1ª parada - Casa da Ilha museu, $8.000 pesos por pessoa. É uma antiga casa de madeira característica da ilha. Há uma guia que explica os costumes antigos da ilha, dos antigos moradores. Você vai passeando pelos cômodos. Vê antigas fotos, trajes, utensílios. A cozinha e o banheiro são do lado de fora. dura uns 20 minutos.

Casa Museu

2ª parada- Caverna de Morgan - $15.000 pesos por pessoa.

O Corsário Morgan era aliado da coroa Inglesa para roubar os tesouros dos navios espanhóis. Segundo os locais o corsário possuía essa caverna próxima ao mar para esconder esses tesouros. Dentro desse pequeno complexo há 6 pontos de visitação, todos com guia explicativo. A visita inicia numa casa com artesanatos locais de coco. O guia mostra o tamanho dos cocos antes e depois da ilha ter a quantidade de habitantes de hoje. Antes com 5 mil habitantes os cocos eram enormes, hoje com 70 mil como os cocos que conhecemos no Brasil. Isso devido a menor oferta de água doce atual. Daí um "pirata" nos encaminha para uma caverna construída, similar a caverna de Morgan. No fim da caverna saímos em um pequeno museu com armas e outros objetos datados de 1700. Fomos direcionados para uma sala com quadros que retratam a historia local. Após, visita-se uma replica do navio de Morgan, em tamanho menor, mas o suficiente para subir e tirar fotos. A visita termina na verdadeira caverna de Morgan. O local tem lanchonete, banheiro e artesanato para venda.

Cueva del Morgan
3ª parada- Piscinas naturais e Aquanautas- não paramos hoje porque já fizemos ontem a tarde. Se você não quiser fazer o "passeio de escafandro" mas quiser ir nas piscinas naturais há a opção de pagar apenas a entrada para essa atividade, $4.000 pesos por pessoa. Lembrando que se precisar de acessórios para o mergulho de superfície (colete, snorkel e óculos) são alugados a parte.

La Piscinita
4ª parada- O olho soprador. Apesar de ser grátis, para podermos parar o carrinho em torno do local fomos "obrigados" a consumir algo em um dos vários bares locais !! Flanelinhas locais !!! Tomamos uma água de coco por $5.000 pesos cada. Apesar disso achei o olho bem interessante, mas tem que ter paciência para sentir o vento forte. Você fica logo atras do "olho" por uns minutos até vir uma forte onda nas pedras. Quando a onda forte entra nas rochas perfuradas naturalmente, sobe ar e água com grande pressão pelo "olho". Fiquei sem saia e de cabelo em pé !!! Ainda bem que estava de biquíni. E tome cuidado em ficar bem firme no chão para não ser empurrado porque a pressão que sobe é realmente forte.

sequencia do olho soprador

Mais a frente há outras piscinas naturais, parada para fotos

Punta Sur


5ª parada- belas praias com águas cristalinas- paramos um pouco para um banho.

Punta Sur
Depois há o bairro de São Luiz, com típicas casas de madeiras coloridas, comércio, alguns hotéis e praias.
É um local bem bonitinho para passear ou curtir uma praia.

Praia de San Luis

Daí nos dirigimos para o centro em direção ao nosso hotel. Há um pedaço da orla que é proibido para o trafego, então nos desviamos e nos perdemos nas ruas pois algumas são mão unica. Mas pedimos informação e logo retornamos e chegamos ao hotel. Cuidado para não entrar num bairro no centro da ilha pois disseram que é um pouco perigoso para turistas. Então sempre se mantenha na orla ou muito próximo a ela para evitar problemas indesejáveis. Acabamos o passeio as 19:00.


Destroços de Navio
Gostei do passeio mas se você tiver tempo e quiser aproveitar mais as praias sugiro fazer em um dia inteiro ou alugar um veiculo mais rápido, como as "mulas".

8º dia Colombia- 4º dia em San Andrés-

Acordamos e após um belo café da manhã com vista para o mar de sete cores fomos ao centro para pegar uma lancha rápida para o Aquarium. O tempo estava meio instável, ora sol, ora nuvens com chuvas, achamos melhor não ir a ilha de Jonhny Kay.


Local onde se pega o barco e horários.

Preços: lancha até o Aquarium 10.000 pesos por pessoa. Aquarium + Jonhny Kay- 15.000 pesos. Ida e volta. Tem horários fixos para ir e voltar. Pegamos a ultima lancha para ir 11:00 h. Ficamos 1 hora na ilha e voltamos pois ficamos com medo das nuvens carregadas! Mas valeu a pena, vimos muitos peixes coloridos, pequenos cardumes, peixes maiores, ouriços...Voltamos 13:00h e o mar estava muito agitado, com muitos ventos e as vezes chuva...Deu um medinho.... A lancha que voltamos tinha um vidro transparente no chão, assim pudemos ver as diferentes cores do mar, do transparente, passando pelo verde ao azul escuro.

Aquarium
Chegamos as 13:20 e fomos caminhando até o hotel para almoçar. ficamos um pouco aproveitando o hotel, alias tem uns lagartinhos ou iguanas lindas passeando no hotel, são azuis e verdes.

Decameron Isleno
No fim da tarde saímos para nos despedir da ilha e fizemos umas ultimas comprinhas.

9ªdia Colômbia - 5º dia San Andres-

Ultimo dia, acordamos relativamente cedo e após o café da manhã ficamos no hotel para aproveitar um pouco a praia e a piscina. Nosso voo foi no início da tarde e as 11:30 deixamos o hotel.

Curtindo uma piscina antes de ir embora

Que pena!!! As maravilhosas férias de verão chegaram ao fim.

0 comentários:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *